17 Ideias para aumentar as vendas da sua loja online

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no pinterest
Pinterest
17 ideias para aumentar as vendas online
[rt_reading_time label="TEMPO ESTIMADO DE LEITURA:" postfix="MINUTOS" postfix_singular="MINUTO"]

Neste artigo você irá ler:

Com o avanço da pandemia do COVID-19, a abertura das lojas virtuais em nosso país aumentou consideravelmente e apenas no período de março e abril de 2020 tivemos 100 mil lojas virtuais que foram criadas, segundo dados da ABCOMM (Associação Brasileira de Comércio Eletrônico).

Em 1 ano de pandemia, o eCommerce no Brasil cresceu 40% e registra 2 bilhões de acessos, segundo dados da Conversion.

Devido a este cenário da pandemia no Brasil e no mundo, as compras online se tornaram uma real mudança no comportamento do consumidor para aquelas pessoas que não tinham hábito de comprar pela internet e até das pessoas que já compravam com muito mais frequência, porém a compra de produtos de necessidade básica, supermercados, medicamentos e outros dias de produtos se impulsionaram ainda mais.

Do lado do vendedor de e-Commerce, este cenário da pandemia ajudou a alavancar as vendas online, mas ainda existem muitas lojas que não conseguem vender mais ou que simplesmente foram abertas e ainda não efetuaram nenhuma venda.

Diante disto, para ajudar estas lojas virtuais, vou passar diversas dicas bem práticas e objetivas para você aumentar suas vendas online e muitas delas não requer um investimento alto e você pode aplicar imediatamente no seu negócio.

1 – Canais de vendas

Em relação a canais de vendas, o foco aqui é ampliar o máximo possível de vendas de seus produtos e serviços e para não depender de apenas um canal de vendas. Com diversos canais de vendas que você conseguir ampliar, te ajudará a escalar suas vendas online e com baixo investimento.

Loja virtual própria

Atualmente existem diversas plataformas de e-commerce de baixo custo ou gratuitas que facilitam a criação de sua loja virtual e você ter seu próprio endereço na internet através de seu domínio.A recomendação aqui de ter sua própria loja virtual é para você criar sua reputação na internet no seu “próprio terreno”, em vez de utilizar “terrenos alugados” para construção da sua marca no mundo virtual.

Marketplaces

Geralmente os marketplaces são os primeiros canais de venda que o empresário de e-commerce adota e onde começam suas primeiras vendas online.A facilidade de acesso para anunciar nestes marketplaces e o retorno imediato através de vendas que são mais rápidas de acontecer por causa de todo o tráfego, sortimento, audiência e segurança que este canal de venda possui.

Redes Sociais

Se o perfil de seu público alvo for B2C (venda para consumidor final), o Instagram, Facebook e Pinterest são as redes sociais que você vai explorar mais seu conteúdo e divulgação de sua loja online.

Facilmente, você poderá integrar sua loja online no Instagram (após a vinculação da sua loja, você terá o recurso da sacolinha de compras) e no Facebook (você poderá integrar seu catálogo de produto em sua página). No Pinterest, de acordo com seu segmento, você poderá colocar imagens que sirvam de inspiração para seus potenciais clientes e isto vai ajudar na atração deles para sua loja online.

WhatsApp

Hoje é inevitável não usar o WhatsApp para seu atendimento e para suas vendas online para conversar com seus clientes, responder dúvidas, informar a situação atual dos pedidos e principalmente fidelizar e reter esses clientes. A integração do WhatsApp com sua loja virtual na maioria dos casos é uma funcionalidade nativa de sua plataforma para que apareça a famosa bolinha verde no rodapé de sua loja, facilitando assim que seu cliente inicie uma conversa 1 a 1 com ele.

Televendas

Mesmo que muitas pessoas hoje preferem em não utilizar o telefone como forma de comunicação, este meio de contato ainda é muito utilizado por pessoas que têm dificuldade de comprar online, pessoas que não tem paciência para procurar um produto e ligam para resolver logo sua compra ou pessoas que tem urgência em adquirir o produto e precisam de respostas rápidas.

Este canal também é muito importante para vendas mais técnicas e complexas, por exemplo: venda de peças para carros (peças de motor, peças mecânicas), venda de medicamentos ou da área de saúde, venda de peças, equipamentos e máquinas industriais.

Atacado

Este canal de venda pode ser muito importante ou descoberto no decorrer do seu negócio, porque existem pequenas empresas que podem comprar seu produto em grandes quantidades para revenda ou consumo. Portanto, você deverá criar tabelas de preços diferenciadas e progressivas de acordo com o volume que é comprado com você.

Loja física

Nos dias atuais, os comerciantes tradicionais de loja física têm enfrentado grandes dificuldades em vender seu produto por causa do fechamento obrigatório e distanciamento social, exceto as lojas que são classificadas como essencial.

Entretanto, existem uma parcela muito grande da população que preferem comprar no mundo físico e dependendo de seu ramo de atividade, pode ser uma ótima oportunidade de expandir seus clientes na sua área de atuação e aliado a uma verdadeira estratégia de omnichannel, você terá opção de permitir a retirada de pedidos de sua loja online em seu ponto físico.

Vendedores online

Com a barreira de trabalhar home office que foi quebrada parcialmente, a alternativa de ter uma rede de vendedores online que possam ofertar e vender seu produto e ganhar comissões sobre vendas realizadas podem ajudam a alavancar muito suas vendas.

Já imaginou criar milhares de lojas virtuais que são “réplicas” de sua loja online, onde o vendedor online apenas efetua a transação e você despacha o produto e remunera através de comissões ou até em um modelo de afiliados?

Representantes comerciais

Hoje existe representante comercial para qualquer tipo de negócio e é uma forma de você ter vendedores espalhados por todo o território nacional sem nenhum custo fixo mensal. Por exemplo: no site Hafidme você encontra este tipo de profissional.

2 – Tráfego pago

Os principais canais de mídia usados são o Google, Facebook e as ferramentas de publicidade pagas nos marketplaces. Como não é objetivo deste artigo dar profundidade neste tema, daremos apenas uma dica de tráfego pago.

É muito comum os vendedores que só vendem em marketplaces ou aqueles que não possuem base de contatos de seus clientes, não terem listas de e-mails e celular.

A dica é fazer uma campanha de lookalike no Facebook através de uma lista de número de celular de seus clientes que compraram com você no marketplace. No Brasil, de acordo com algumas pesquisas, 70% dos números de celular possuem WhatsApp. Dito isto, com esta lista, provavelmente com este número de WhatsApp encontrará o perfil desta pessoa no Facebook.

Saiba como o COVID-19 “infectou” suas campanhas de pay-per-click.

3 – E-mail marketing ou e-mail de vendas (prefiro dizer aqui como e-mail de vendas)

Com o passar do tempo e com o aumento de suas vendas online, você vai conseguir ir construindo sua própria lista de e-mails de seus clientes e potenciais clientes. Para manter eles informados de novidades, lançamentos de produtos, promoções e condições exclusivas, o e-mail ainda é uma ferramenta que vai gerar boas vendas para sua loja. Recomendamos que você seja consistente e envie de 4 a 8 e-mail por mês para sua base de clientes.

4 – Member get Member

Esta ideia de programa de indicações funciona muito bem quando clientes que são promotoras de sua loja, começam a indicar para seus familiares, amigos, para outras pessoas de seu convívio e para sua rede social. Muitas empresas fazem isto para alavancarem suas vendas e principalmente para ganhar participação de mercado que atuam.

Aqui a cada indicação ou a cada venda convertida é realizada um pagamento como remuneração para estas pessoas que indicaram seu produto ou serviço.

5 – Vender produtos sem lucro

Vender produtos a preço de custo é uma estratégia para ganhar mercado, aumentar suas vendas online de forma rápida e para seus anúncios ganharem relevância no algoritmo no Google, Facebook e nos Marketplaces. Aqui não é para você vender no prejuízo e sim calcular seu preço de venda apenas cobrindo seus custos de mercadoria vendida e custos operacionais.

A estratégica neste item não é você ter lucro neste produto vendido.

6 – Produtos que vendem muito

Vender produtos que vendem muito ou de alto giro, te ajudarão a iniciar suas vendas e aumentarão o tráfego do site e possibilita que o cliente aproveite o frete e compre os produtos com maior margem de lucro.

7 – Fornecedores

A dica é encontrar ou desenvolver fornecedores que disponibilizam catálogos digitais ou até anúncios prontos para você vender nos marketplaces e em sua loja online própria. A logística e a proximidade do seu fornecedor facilitará para que você não tenha necessidade de ter os produtos em estoque e assim que vender, conseguir enviar no mesmo dia da venda.

8 – Softwares

Existem softwares que te ajudam a descobrir seus concorrentes, analisar as tendências do mercado e encontrar categorias e produtos que existem alta demanda, mas são pouco explorados.

9 – Brindes

As amostras grátis de produtos podem ser uma boa alternativa para minimizar a oferta de frete grátis e o cliente ficar satisfeito com esta opção.

10 – Parceiros

Os parceiros que são extremamente nichados e os que podem influenciar na decisão de compra são importantes na aliança de parcerias para sua loja online. Exemplos: Associações, Blogs, Influenciadores digitais, Profissionais liberais, Parceiros de instalação do produto, Consultorias e etc.

11 – Grupos no WhatsApp ou Telegram

O objetivo de criar os grupos no WhatsApp e Telegram é fazer uma comunicação massiva de novidades, lançamentos, promoções, ofertas exclusivas, informações em primeira mão.Você pode configurar para que apenas os administradores tenham a permissão de enviar as mensagens e os participantes apenas recebem as comunicações.

12 – Prova social

Os depoimentos de clientes reais quando são verdadeiros, transmitem confiança para que a pessoa efetue a compra com você, pois gera prova social que seu produto é de alta qualidade e que resolve o problema do seu cliente.

13 – Fulfillment

Terceirizar todo o processo de logística, desde o recebimento de mercadoria no centro de distribuição até a entrega final para seu cliente, por meio de um fulfillment, permite redução de custos e escalar suas vendas online de forma exponencial sem a necessidade de ampliar seu quadro de funcionários diante de um alto volume de vendas.

14 – Análise dos concorrentes

A principal meta é detectar os pontos fortes e fracos de seus concorrentes. Após descobrir seus pontos fortes, avaliar se é possível aplicar em seu negócio e oferecer e surpreender seu cliente com um serviço de melhor qualidade em relação ao de seu concorrente. Nos pontos fracos, estão oportunidades para você se destacar e aprimorar seus produtos e serviços e sempre comunicar em todas as redes sociais que você é melhor nestes pontos.

15 – Carta do dono

Em qual compra online os compradores na internet recebem uma carta escrita pelo dono, enviada junto com a embalagem? Existe a oportunidade de você se conectar profundamente com seu cliente e dele ter uma identificação tão grande com os propósitos de sua empresa que ficarão na lembrança dele para sempre.

O exemplo de conteúdo da carta que pode ser enviada: agradecimento pela compra + contar a história (ser breve) da sua empresa + call to action para a próxima compra (informar o site da loja ou cupom de desconto para a próxima compra).

16 – Personalização

Se o tipo de seu produto permitir a personalização, vá fundo e faça! Isto vai te ajudar a contornar as possíveis comparações de preços com produtos iguais e seu cliente pagará um valor mais alto devido a personalização ser exclusiva para ele.

17 – Pessoas

De nada adianta fazer todas estas dicas se não tiver uma equipe de pessoas realmente engajadas, bem remuneradas e com reconhecimento de sua parte.

Com pessoas engajadas, bem remuneradas e com reconhecimento dos proprietários, te ajudarão a vender mais, fidelizar e reter seus clientes e assim você terá a alavancagem nas suas vendas que tanto precisa.

Comente abaixo se você já está usando essas tendências ou se está fazendo alguma coisa diferente da listada aqui, e vamos conversar mais.


Referências:

Compartilhe este artigo nas redes sociais

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no pinterest
Pinterest

Assine nossa Newsletter

Sobre o autor deste artigo

Octávio Yoshio Hozawa

Octávio Yoshio Hozawa

Octávio Yoshio Hozawa é engenheiro de Produção de formação. Atualmente está como Executivo de Vendas do Mercado Livre e ajuda pessoas do setor automotivo e de supermercados a vender online com todo o ecossistema do Mercado Livre. É apaixonado por vendas e entusiasta por ferramentas de tecnologia.

Sobre o autor deste artigo

Octávio Yoshio Hozawa

Octávio Yoshio Hozawa

Octávio Yoshio Hozawa é engenheiro de Produção de formação. Atualmente está como Executivo de Vendas do Mercado Livre e ajuda pessoas do setor automotivo e de supermercados a vender online com todo o ecossistema do Mercado Livre. É apaixonado por vendas e entusiasta por ferramentas de tecnologia.

Comente este artigo!